domingo, 6 de dezembro de 2009

Lídios



Em Sardes, capital da Lídia, há vestígios de atividade humana desde o Paleolítico (50000 a.e.c.). De acordo com Herodoto, "os filhos de Heracles" fundam uma nova dinastia cerca do ano 1185 a.e.c.




Mais tarde, cerca de 680 a.e.c, Gyges funda a dinastia Memnade. E com a descoberta de depósitos auríferos no rio Pactolus, que desce das montanhas de Tmolus e banha a cidade de Sardes, no seu curso para o mar Egeu, a Lídia torna-se numa terra de grande prosperidade econômica, e reconhecida internacionalmente.




De 645 a.e.c. a 561 a.e.c, sucedem-se os reinados de Ardys, Sadyattes e Alyattes. Este soberanos alargam os domínios da Lídia, vindo a controlar quase totalmente a parte ocidental da Ásia Menor no noroeste da Turquia moderna, desde o Mediterrâneo até o rio Halis. Em Sardes, é iniciada a construção das muralhas da cidade. E, é também durante este período, que é atribuído aos Lídios a invenção da cunhagem de moeda.




Era um reino muito rico e sua capital, Sardes era uma cidade próspera e bonita. Os lídios eram grandes comerciantes, dispuseram um luxo com que outros povos não podiam sequer sonhar. Heródoto diz-nos muitas coisas interessantes de seus costumes, por exemplo, que as profissões se organizaram em corporações.




Ele também nos diz que os lídios eram muito bravos, e os melhores cavaleiros do mundo. Eles tinham desenvolvido uma cavalaria muito eficaz, sendo os primeiros povos a usar uma longa lança para os cavaleiros para usá-lo para carregar, em vez dos habituais armas de projeteis utilizados pelos cavaleiros de outros lugares.

Quando Ciro da Pérsia conquistou a Lídia apoderou-se de sua grande riqueza e nomeou Creso como seu conselheiro, depois de evitar que esse se suicidasse atirando-se em uma grande pira.

Mitologia

Segundo a Bíblia, os lídios eram um povo semita, visto que seu antepassado histórico descendia de Lude, filho de Sem, segundo tradição regional.

Segundo Heródoto (História i. 7), o povo "Meiones" mudou de nome para lídios por causa de seu rei Lidos (Λυδός), filho de Átis, que teria reinado em uma época anterior ao surgimento dos heráclidas.

Fontes: Wikipédia, Templo de Apolo e dbahispano.
Tradução e Edição: Valter Pitta


.:: Leia Também ::.

Batalha de Pteria

Batalha de Sardes

Nenhum comentário: